Eventos acessíveis: a escolha do espaço físico

1 de setembro de 2017

Para receber o público em um evento, deve-se pensar em acomodá-los de forma adequada. Seja em auditório, sala ou qualquer outro espaço, é importante escolher um local que já tenha sido construído pensado em receber pessoas com deficiência. Caso o ambiente não preencha todos os requisitos necessários para isto, deve-se pensar em adaptações que garantam a acessibilidade. Cuidar para que o espaço físico seja adequado e confortável a todos é fundamental inclusive para captar melhor a atenção do público. E lembre-se: mesmo estando num local alugado ou cedido, a responsabilidade pela acessibilidade do evento é do organizador.

Estas são algumas recomendações para que o espaço do evento esteja acessível:

1 – Os espaços devem ter locais reservados para pessoas com deficiência e mobilidade reduzida (idosos, obesos, gestantes, etc.). Por exemplo, caso a capacidade total seja de até 25 assentos, reserva-se 1 para pessoas com cadeiras de rodas, 1 para pessoas com mobilidade reduzida e 1 para pessoas obesas. A quantidade de assentos reservados aumenta conforme o maior número de lugares totais. Os eventos devem seguir a mesma lógica dos teatros, casas de shows etc.

2 – Disponibilizar cadeiras comuns aos acompanhantes das pessoas com deficiência. Cada pessoa (com deficiência ou mobilidade reduzida) tem direito a um acompanhante, mas não se pode exigir um acompanhante como requisito para presença da pessoa na área.

3 – Desníveis maiores que 15mm já são considerados degraus, e devem ser nivelados com rampas. É importante também que tenham rampas de acesso ao palco, onde geralmente a altura é maior. As rampas devem ter pelo menos 1,50 m de largura e devem sempre ser acompanhadas de corrimãos com duas alturas, guia de balizamento, guarda-corpo e sinalização.

4 – Pelo menos 5% do número total de banheiros devem ser adaptados a pessoas que fazem uso de cadeira de rodas. Garanta que tenha pelo menos um banheiro acessível a no máximo 50m da área reservada a pessoas com deficiência.

5 – Se o evento oferecer vagas de estacionamento, 5% delas devem ser reservadas o mais perto possível da área de entrada do evento.  Se caso não tenha estacionamento disponível, deve-se assegurar um local reservado para embarque e desembarque de pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida.

Fonte: Guia de acessibilidade em eventos.