Público-alvo da Secretaria

A Secretaria de Acessibilidade UFC-Inclui atende a estudantes de graduação e pós-graduação e servidores com deficiência física, sensorial (visão e audição), intelectual ou múltipla; transtorno do espectro autista (TEA) ou com altas habilidades/superdotação.

  • A cegueira e a baixa visão compõem a condição de deficiência visual. Aqueles com baixa visão se diferenciam dos cegos por apresentarem perda de campo visual e comprometimento na visão central ou periférica, mantendo preservada alguma percepção visual, em graus e especificidades variadas. As pessoas com baixa visão necessitam de lupas ou potentes recursos ópticos para ler. Atenção: quem usa óculos não se enquadra nesse público.
  • A condição de perda auditiva engloba os surdos que não ouvem a voz humana, porém falam a língua de sinais (Libras, no Brasil), e aqueles que têm resíduos auditivos preservados. Estes, denominados deficientes auditivos, apresentam perda auditiva em variados grau, mas podem se beneficiar de próteses auditivas para o acesso à voz humana.
  • O Transtorno do Espectro Autista (TEA) reúne aqueles que, em graus variados, apresentam comprometimento na comunicação, no comportamento e na socialização. As principais características deles são: tendência ao isolamento; dificuldade em manter uma conversa coerente, olhando no olho do outro; preferência por falar sobre assuntos de seus interesses específicos; dificuldade em expressar seus sentimentos e compreender os sentimentos e respostas sociais dos outros; resistência a mudanças no ambiente e na rotina; ter boa memória e parecerem ingênuos; perfeccionismo etc. Parte deles (30%) não apresenta deficiência cognitiva/intelectual.
  • As Altas Habilidades/Superdotação se caracterizam pelo expressivo potencial de uma pessoa em várias áreas, isoladas ou combinadas, quais sejam: cognitiva/intelectual, acadêmica, psicomotora, artes etc. Esse público destaca-se ainda pela elevada criatividade, grande interesse e envolvimento na aprendizagem e na realização de atividades em áreas específicas de sua preferência.
E mais

Há, ainda, aqueles com mobilidade reduzida que, não se enquadrando no conceito de pessoa com deficiência, têm, por qualquer motivo, dificuldade de movimentar-se, permanente ou temporariamente. São exemplos: idosos, obesos, gestantes, pessoas com gigantismo etc.

Censos

Censo 2014

Censo 2015

Censo 2016

Censo 2017 em andamento